FCC fatura US$ 44,9 bilhões em leilão de espectro


A Federal Communications Commission (FCC), órgão que regula as telecomunicações nos Estados Unidos, anunciou nesta quinta-feira (29) o fim do leilão do espectro AWS-3. Ao todo, os lances pelos seis lotes em disputam somaram US$ 44,9 bilhões. É o maior valor já obtido pelo FCC em um leilão de frequências.

O valor surpreendeu o próprio órgão, que esperava faturar não mais que US$ 10 bilhões. Nos leilões AWS-1, de 2006, o total angariado foi de US$ 13,7 bilhões. Em 2008, a disputa pelas faixas de 700 MHz resultou em US$ 18,9 bilhões.

PUBLICIDADE

As faixas de frequência que compõem o espectro AWS-3 vão de 1755 MHz a 1,780 MHz, e de 2155 MHz a 2180 MHz. A maior disputa se deu pelo bloco pareado de 1770-1780MHz /2170-2180 MHz, vendido por US$ 18,2 bilhões. Foi o mais caro por prever a cobertura das regiões metropolitanas do país. A FCC ainda não revelou quais empresas participaram do leilão, nem quais levaram os lotes disponíveis.

Mas analistas antecipam que a AT&T deve ter pago mais do que a Verizon Wireless pelos lotes que arrematou. Comenta-se que somente a AT&T gastou mais de US$ 11 bilhões com as frequências. A grande disputa se deu pelas licenças de Nova Iorque e Los Angeles. Parece que a Sprint não teria participado do leilão, mas a operadora de TV a cabo, Dish, teria comparecido. 

(Com agências internacionais)

 

Anterior Nextel quer aumentar vendas para PMEs
Próximos TIM vai aumentar investimentos na rede móvel e quer participar do Banda Larga para Todos