Fabricação de produtos de informática e eletrônicos cresce 3% em setembro


A produção de equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos aumentou 3% na passagem de agosto para setembro. Na comparação com o mês do ano anterior, a alta foi de 9%, conforme aponta a pesquisa mensal industrial, divulgada nesta sexta-feira, 1º, pelo IBGE.

Essa alta foi sustentada pelo aumento da produção de televisores, telefones celulares, impressoras, monitores de vídeo e máquinas automáticas digitais para processamento de dados. No acumulado do ano, esse segmento apresenta resultado negativo em 2,8% e de 5,2% nos últimos 12 meses.

Continuam em queda a fabricação de transmissores ou receptores de telefonia celular, antenas, computadores pessoais de mesa (PC desktops), computadores pessoais portáteis (laptops, notebooks, tablets e semelhantes), gravador ou reprodutor de sinais de áudio e vídeo (DVD, home theater integrado ou semelhantes), rádios e cartões inteligentes (smart cards), aponta o instituto na pesquisa.

PUBLICIDADE

Números nacionais

A produção industrial nacional variou 0,3% em setembro frente a agosto. Essa foi a segunda taxa positiva seguida, com acúmulo de 1,5% nesse período. Na comparação com setembro de 2018, houve alta de 1,1%, interrompendo, assim, três meses de resultados negativos consecutivos: junho (-5,9%), julho (-2,5%) e agosto (-2,1%).

Nos nove meses de 2019, o setor industrial acumulou queda de 1,4%. Já o acumulado nos últimos doze meses, ao recuar 1,4%, mostrou redução na intensidade de perda frente ao resultado de agosto (-1,7%), o que interrompe a trajetória predominantemente descendente iniciada em julho de 2018 (3,2%), mostra a pesquisa.

 

Anterior Após recurso da TIM, Cade reabre análise da compra da Nextel pela Claro
Próximos Eleições dos conselhos de usuários de telecomunicações são retomadas