Expansão dos ISPs para as áreas rurais e agricultura 4.0 também no AGROtic 2020


Evento do Tele.Síntese e ESALQtec. que começa nesta segunda-feira, 14, vai mostrar os avanços obtidos com a Agricultura 4.0 e as alternativas para a ampliação da banda larga para as áreas rurais brasileiras pelos provedores regionais de internet no dia 16.

Foto: Projetado pelo Freepik
Foto: Projetado pelo Freepik

Que me diz de usar tecnologia de ponta para maximizar os recursos naturais para produzir mais alimentos, usando menos água na irrigação ou insumos na adubagem do solo? Isso é o que faz a Agricultura 4.0, que permite, por exemplo, a adaptação de sementes e plantas às condições mais adversas, ampliando possíveis áreas de cultivo.

Esse é um dos temas do Agrotic 2020, promovido pelo Tele.Síntese em parceria com a ESALQtec a partir dessa segunda-feira, 14. O evento, totalmente digital, tem a parceria da EsalqTec e vai debater o que a tecnologia pode fazer pelo agronegócio.

A Agricultura 4.0: aplicações e transformação digital será tema do debate do dia 16, com a participação do  Gerente de Projeto da área de inovação aberta da Divisão Agrícola da Bayer na América Latina, André Koji Fukugauti ; do Gerente de Novos Negócios da CCAB Agro & Bioline Latam,  Fábio Marques; e o Diretor de Operações da Jalles Machado, Joel Soares Alves da Silva.

PUBLICIDADE

O moderador do debate será o Sócio Gestor da Stracta Consultoria e WBGI, Uriel Rotta. As apresentações terão início às 9h30.

Em seguida, o debate será sobre A expansão da banda larga para o campo com os ISPs. O conselheiro da Abrint, Basílio Peres, vai iniciar a apresentação dos esforços dos provedores regionais para levar a internet nas menores cidades e no campo. O  Government & Public Affairs da Huawei Brasil, Bruno Zitnick, também participa da Mesa. O debate conta com  CEO da Interjato, Erich Rodrigues.

A jornalista Wanise Ferreira vai intermediar as conversas, que terão início às 11h15.

Conectividade

Na parte da tarde, A Conectividade Rural e novas Abordagens será o tema da liveNesta Mesa, serão debatidas diferentes alternativas para levar a banda larga de qualidade para a área rural. A Anatel estuda a ocupação de white spaces. As operadoras competitivas desenvolvem novos modelos de negócios, e empresas desenvolvem outras alternativas tecnológicas, como redes privadas e de banda estreita.

Os debates contarão com o CEO da Brisanet, José Roberto Nogueira; o conselheiro da Anatel, Moisés Moreira; o Presidente da Trópico, Paulo Cabestré e o Diretor de Novos Negócios da Nokia no Brasil (ConectarAGRO), Renato BuenoWanise Ferreira vai moderar as discussões.

Veja a programação completa e se inscreva aqui.

https://www.eventos.momentoeditorial.com.br/live-agrotic-2020/

Anterior Casos Fox e Time Warner são diferentes, diz presidente da Anatel
Próximos Neo diz que decisão da Anatel vai estimular ISPs na internet