Exército quer apoio do Minicom para conectar hospitais


O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, e o secretário-executivo interino, Genildo Lins, receberam na tarde desta sexta-feira (26) o general Sérgio Westphalen Etchegoyen, chefe do departamento pessoal do Exército Brasileiro.

Acompanhado de outras autoridades do Exército, como o vice-chefe do departamento de pessoal, Marco Edson Gonçalves Dias, e o responsável pelo departamento de direitos de saúde, Josemar Câmara Feitosa, o general demonstrou a intenção de buscar apoio do Ministério das Comunicações para interligar os hospitais militares do país. Segundo ele, a conexão entre esses centros tem potencial não só para telemedicina, mas também para a educação.
 

Bernardo afirmou que se trata de um projeto de suma importância para o país e afirmou que o governo tem se empenhado em ampliar as redes de conexão em regiões desprovidas de rede de fibra óptica, como a Amazônia e as áreas de fronteiras com outros países. Bernardo reforçou ainda a importância estratégica do satélite que o governo vai lançar em breve, tanto para as comunicações militares quanto para o fornecimento de internet em regiões remotas.

PUBLICIDADE

Genildo Lins informou que a proposta do Exército será analisado por uma equipe técnica do Ministério das Comunicações, que contará também com apoio da Telebras. (Da redação, com assessoria de imprensa)

 

Anterior Demora na entrega de produtos comprados pela internet pode ser punida com indenização
Próximos Operadoras de banda larga fixa continuam dentro das metas estabelecidas pela Anatel em junho