Ex-CFO da PT Portugal acusa Granadeiro pelo investimento na Rioforte


A Portugal Telecom PT direcionou 897 milhões de euros para a RioForte, uma das empresas de seus controladores. O ex-chairman da operadora, Henrique Granadeiro, assumiu a responsabilidade por 200 milhões. Os demais 697 milhões teriam outro “pai”. Posição contestada hoje pelo ex-diretor financeiro, Pacheco de Melo.

Nesta quinta-feira (5), Luis Pacheco de Melo, ex-CFO da PT Portugal, afirmou, logo na primeira rodada de perguntas na comissão do Legislativo português sobre o calote de 897 milhões da RioForte na PT Portugal: “A decisão de investimento na Rioforte foi de Henrique Granadeiro.” Pergunta do deputado: “Henrique Granadeiro validou?” Resposta, seca, com um sorriso: “Sim.” A Portugal Telecom PT direcionou 897 milhões de euros para a RioForte, uma das empresas de seus controladores. Ontem, o ex-chairman da operadora, Henrique Granadeiro, assumiu a responsabilidade por 200 milhões. Os demais 697 milhões, afirmou,  teriam outro “pai”. 
“Eu já assumi e sempre assumi que a responsabilidade [dos 200 milhões]. Em relação ao resto, [não]”, disse Pacheco, na audiência da comissão parlamentar de inquérito relativa à gestão do BES e do GES. Segundo ele, 

todos os contratos que passaram da gestão da tesouraria da PT SGPS para a PT Portugal (já integrada na Oi) foram assinados antes de 10 de Abril de 2014.”E essa empresa renovou uma linha de papel comercial da Rioforte depois disso. Ou seja,  Granadeiro atira culpas para a brasileira Oi e para quem eram os seus acionistas.Na minha opinião, de fato, o poder de gestão integrada destes fluxos já estava na PT Portugal”. Zeinal Bava contestou esta leitura na audição da semana passada, dizendo que a gestão centralizada na PT Portugal (Oi) só foi uma realidade em maio de 2014.

PUBLICIDADE

Hoje, Pacheco de Melo informou que cabia à PT SGPS (a que Granadeiro presidia, à época) e não a PT Portugal (liderada por Bava e em processo de fusão com os brasileiros da Oi) a gestão dos fundos da empresa. E isso significa que a versão que Bava apresentou aos deputados é coincidente com a do ex-CFO. (com noticiário de Portugal). 

 

Anterior Venda de PCs cai 26% em 2014
Próximos Altice espera concluir compra da PT Portugal no segundo trimestre