Eutelsat recusa oferta de fundador da Altice Europe


O provedor de serviços de satélite Eutelsat rejeitou uma oferta de aquisição do fundador da Altice Europe, Patrick Drahi, colocando um freio na recente onda de aquisições do empresário no continente.

PUBLICIDADE

Após a mídia revelar a possível aquisição, a Eutelsat soltou comunicado confirmando a oferta de Drahi, a um preço discutido de 12,10 euros por ação, mas disse que não aceitou. A diretoria “decidiu por unanimidade não se envolver em discussões com base nos termos desta proposta”, informou a empresa.

Segundo a Reuters, Drahi planejava adquirir a empresa de satélite por meio de uma de suas companhias de investimento e mantê-la separada de seus ativos de telecomunicações e mídia. No entanto, o preço inicialmente proposto foi considerado muito baixo.

A Eutelsat opera uma frota de 36 satélites, cobrindo a Europa, África, Ásia, América do Norte e América do Sul. Recentemente, despejou US $ 550 milhões na problemática empresa de comunicações por satélite OneWeb.

Ações

Por sua vez, Drahi deu início à sua atual movimentação na Europa em setembro de 2020, quando selou um acordo para recomprar ações da Altice Europe, tornando-a efetivamente uma propriedade privada. A unidade da empresa no Reino Unido tornou-se recentemente a maior acionista do BT Group através da aquisição de uma participação de 12,1 por cento, em junho.

Anterior Ericsson renova crédito de US$ 2 bi para metas de sustentabilidade
Próximos Anatel vai rever regras de uso dos 700 MHz e outras faixas sub-3 GHz