Europa diz que Facebook deu informações falsas sobre o WhatsApp


Bloqueio WhatsApp

A União Europeia acusa o Facebook de fornecer informações enganosas durante a aquisição do WhatsApp, abrindo espaço para possível cobrança de uma multa de 1% sobre o valor do faturamento. Mas o comunicado ressalta que não vai haver mudanças na fusão entre as duas empresas, que ocorreu em 2014 e custou ao Facebook US$ 22 bilhões.

Na ocasião, a empresa de Mark Zuckerberg assegurou que “não tinha a capacidade de associar automaticamente (…) as contas do usuário das duas plataformas”, o que acabou fazendo em agosto de 2016, explica a comissão.

PUBLICIDADE

Mas as agência reguladoras constataram o contrário. “A  comissão expressa preocupação de que o Facebook intencionalmente, ou de forma negligente, submeteu informação incorreta ou enganosa, descumprindo as obrigações dentro da regulação de fusões da UE”, acrescenta o documento.

Anterior No plano alternativo para a Oi, venda de ativos pode render até R$7,9 bi
Próximos Secretaria de radiodifusão ganha poder para cassar emissoras