EUA estudam revisar regras de segurança para veículos autônomos


Imagem ilustra sensores administrados pelo novo computador para carros da nVidia em ação (Imagem: Divulgação nVidia)

A Administração Nacional de Segurança no Trânsito nas Estradas (NHTSA) dos Estados Unidos está avançando em seus planos de revisar as regras de segurança que impedem carros totalmente autônomos nas estradas, ou seja, veículos sem volantes, pedais e espelhos. Uma nova versão da norma de segurança, a ser submetida à consulta pública, deverá adequar a legislação atual às tecnologias de veículos automatizados.

Os objetivos da nova norma foram divulgados hoje, 4, pelo departamento, segundo as agências internacionais. A agência de segurança automotiva “pretende reconsiderar a necessidade e adequação de seus atuais padrões de segurança” aplicada aos veículos automatizados, em uma atualização de seus princípios de “Automated Vehicles 3.0.

No relatório, a secretária de Transportes dos EUA, Elaine Chao, disse que carros autônomos têm o potencial de reduzir dramaticamente as colisões no trânsito e as mortes na estrada. No momento, os fabricantes de automóveis devem atender a quase 75 normas de segurança para automóveis, muitas das quais foram escritas com a suposição de que um motorista licenciado estará no controle do veículo.

PUBLICIDADE

A General Motors divulgou uma petição solicitando uma isenção para as regras atuais para veículos sem volantes e outros controles humanos como parte de uma frota de compartilhamento de carros que planeja implantar em 2019. (Com noticiário internacional)

Anterior PL propõe destinar recursos do Fistel para financiar a Previdência
Próximos Oi indica Roger Solé (ex-TIM e ex-Vivo) para Conselho de Administração