PORTAL DE TELECOM, INTERNET E TIC

Infraestrutura

ETICE contrata Telcables como provedor de serviços de cloud

Com o acordo, a empresa cearense passa a fornecer serviços em nuvem com soluções agregadas de segurança para entidades públicas no Ceará
Telcables será o CSP da ETICE
Telcables será o CSP da ETICE

A TelCables Brasil, responsável pela operação local da Angola Cables, assinou um acordo com a ETICE (Empresa de Tecnologia da Informação do Ceará) para atuar como Cloud Solution Provider (CSP).  Com isso, a empresa cearense de TI passa a fornecer serviços em nuvem com soluções agregadas de segurança para entidades públicas em todo estado do Ceará.

A distribuidora permitirá, por meio de parcerias com empresas locais e nacionais, que a ETICE comercialize soluções digitais para diferentes segmentos, atendendo às necessidades em ofertas de serviços identificadas na região.

As empresas parceiras também contarão com a ‘Clouds2Brasil’, um serviço de nuvem desenvolvido pela TelCables, com conectividade a 300 nós de cloud Mundial, compatível e totalmente integrado com ambientes multi cloud, nomeadamente com as clouds da Amazon, Azure ou Google. O produto também permite realizar a operação em moeda local, com acesso a 66 Data Centers no mundo (Brasil, US, Europa, Africa e Ásia).

Segundo a TelCables Brasil, a cidade de Fortaleza tem hoje o ambiente perfeito para criar um ponto de nuvem local forte, interligada e compatível com outras soluções de nuvens mundiais e mais próximas das empresas que operam no Ceará. “A conectividade é chave para que as informações de nuvem locais fiquem ligadas aos dados de nuvem mundiais, com segurança e disaster recovery que o Hub de Cabos, Data Center e Cinturão Digital do Ceará (CDC) asseguram.

Ampliação da rede

A TelCables está ampliando a sua rede nacional de pontos de presença interconectados, levando a fibra para Brasília, Goiânia, Cuiabá, Campo Grande, Belém, Manaus. Essa nova rede se ligará ao Rio de Janeiro, São Paulo, Santos, e a Fortaleza. De Fortaleza se conecta a data centers mundiais  usando os cabos submarinos Monet (ligação US), SACS e WACS (ligação Sul-Sul Brasil Singapura) da infraestrutura global da Angola Cables, como o Data Center AngoNAP Fortaleza, o maior Tier III (localizado no Ceará), e o IXP que hoje já é o terceiro colocado em tráfego de dados no IX-CE (o segundo com mais tráfego do Brasil).

TEMAS RELACIONADOS

ARTIGOS SUGERIDOS



 

Capacity LATAM 2024 vai debater conectividade e inovação na América Latina
Evento acontece nos dias 12 e 13 de março, com presenças de BNDES, META, AWS, Algar, Telxius , Mega Telecom, Elea Digital, Ufinet e mais.

 

Demanda por DWDM cresce e Multi PRO | ZTE amplia portfólio.
Além do DCI ZXONE – 7000 C2D produto lançado recentemente, a marca trará atualizações para equipamentos que já estão no mercado