Estrutura do novo Minicom vem com quatro secretarias


O governo publicou a estrutura do novo Ministério das Comunicações, que terá quatro secretarias e três estatais vinculadas, excluída a Empresa Brasil de Comunicação (EBC). O desenho é fortemente impactado com a inclusão da Secretaria de Comunicação, antes ligada ao Planalto.

A Secretaria de Radiodifusão terá apenas dois departamentos, o de Outorga e Pós-outorga e o de Inovação e Fiscalização. A Secretaria de Telecomunicações terá três departamentos, de   Políticas para Telecomunicações e Acompanhamento Regulatório; de Projetos de Infraestrutura de Telecomunicações e Banda Larga; e a novidade, do departamento de Aprimoramento do Ambiente de Investimentos em Telecomunicações.

Já a Secretaria de Publicidade e Promoção contará com quatro departamentos, sendo um de Pesquisa, outros de Publicidade. O terceiro é de Mídia e Promoção e o último, de Projetos Especiais.

PUBLICIDADE

Por fim, a Secretaria de Comunicação Institucional vem com quatro departamentos e uma Subsecretaria de Imprensa. Os departamentos são de Articulação e Estratégia de Comunicação; de Conteúdo e Gestão de Canais;  de Comunicação Internacional e de Gestão e Normas.

Ac entidades vinculadas são a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos ( ECT); e as Telecomunicações Brasileiras (Telebras), em vias de privatização.

A Secretaria-Executiva do Ministério ficará ligada ao gabinete do ministro, Fábio Faria.

Anterior Oi: juíza dá prazo para credores apresentarem objeções ao novo aditamento
Próximos Sem Comunicações, MCTI foca no desenvolvimento da ciência