Espectro e antenas são fundamentais para o potencial transformador do 5G


Consciente de que espectro é fundamental para o potencial de transformação da tecnologia 5G, a Anatel buscou maximizar a oferta deste bem público. “ No início de 2019, só havia 200 MHz no horizonte”, lembra o presidente da Anatel, Leonardo de Morais, em Live do Tele.Síntese. E para garantir a eficiência espectral, é necessária também a instalação de uma grande quantidade de sites. Por isso, o esforço da agência junto aos municípios para a aprovação de leis mais amigáveis.

PUBLICIDADE
Anterior MVNO credenciada da Vivo aposta na expansão da internet das coisas
Próximos Cartões crescem 52% no segundo tri