Especialistas em educação e em tecnologia debatem futuro do ensino no Brasil


Entre os confirmados, estão CEO da MegaEdu, Cristieni Castilhos; VP do Instituto Escola Conectada, Raul Fuchs; Cláudia Costin, da FGV; COO da Pravaler, Beto Dantas; Rodrigo Alves, CEO da Veduga. O Congresso acontece 4 e 5 de agosto.

Especialistas em educação e tecnologia no Edtech e escolas públicas
As inscrições par ao congresso virtual são gratuitas. Crédito: Freepik

Especialistas em educação e em tecnologia digital debatem o futuro do ensino brasileiro em uma nova série de conteúdo especializado do Tele.Síntese. O fosso existente nas escolas públicas brasileiras e os avanços das instituições privadas na adoção de novas técnicas e tecnologias de aprendizado chamam a atenção dos governos e de entidades que veem na educação o caminho para o desenvolvimento do país. O Congresso EdTechs e as Escolas Públicas Avançando na Inovação e Conectividade será realizado entre os dias 4 e 5 de agosto.

O evento vai reunir os principais especialistas em educação, fornecedor de tecnologia e formuladores de políticas públicas para debaterem as questões relativas ao desafio da conectividade, boas práticas e as novas metodologias para uso de tecnologias nas salas de aula.

PUBLICIDADE

O painel sobre a Nova Era da Educação: como podemos conectar escolas e estudantes de todo o Brasil abrirá o congresso, a partir das 9h30, com a participação do CEO da MegaEdu, Cristieni Castilhos; do VP do Instituto Escola Conectada, Raul Fuchs, entre outros expertises convidados. Iniciativas de apoio à conectividade nas escolas surgem de todos os lados, especialmente depois que ficou constatada a desigualdade de acesso durante a pandemia do Covid-19.

O segundo painel, a partir das 10h50,  vai tratar do Uso de tecnologia nas redes públicas: o papel das Secretarias de Educação. Ainda no dia 4, na parte da tarde, a partir das 14h40,  o painel abordará Tecnologias na Educação: políticas públicas para viabilizar o ensino. Para esse debate, confirmaram presença a fundadora e diretora do Centro de Políticas Educacionais (Ceipe) da Fundação Getúlio Vargas, Cláudia Costin; e o advogado do escritório Rennó Penteado, Leonardo Chain, com atuação na área de educação e tecnologia.

O quarto painel vai apontar os Desafios na gestão para que a escola acompanhe o mesmo ritmo de inovações dos últimos anos. A diretora executiva da Brasscom, Mariana Rolim, e o Cientista de Dados do NIC.br, Paulo Kuester Neto vão fazer parte desse debate.

Dia 5

O segundo dia de debates do Congresso virtual Edtechs e Escolas Púlbicas será aberto às 9h30 pelo painel Implementação do novo ensino médio no Brasil, com a participação de Lúcia Dellagnelo, diretora-presidente do Centro de Formação para a Educação Brasileira (Cieb) e de Daniely Gomiero, VP de Projetos do Instituto Claro. A expectativa é de que o novo formato do ensino médio, organizado por áreas de conhecimentos, esteja totalmente implantado em 2024.

Às 10h50 começa o Painel Fintechs: Democratizando a Educação, com a presença do COO da Pravaler, Beto Dantas, e fundador do Educbank, Danilo Costa. Os debates contarão ainda com representantes do ABFintechs, BID e Mova.

Na parte da tarde, os debates mostrarão o Papel das EdTechs nos avanços das tecnologias de educação. O especialista em Gestão de Conhecimento e Tecnologias Educacionais e CEO da NextGen Learnig, Luiz Alexandre Castanha, estará ao lado de Rodrigo Alves, CEO da Veduga. 

O evento é totalmente virtual e as inscrições são gratuitas. Garanta sua participação aqui.

PUBLICIDADE
Anterior UM Móvel leva dados, voz e IoT para o sertão de Pernambuco
Próximos Vero, com 700 mil assinantes, vai atrás de investidor