Ericsson e Mediatek alcançam 5,1 Gbps ao combinar banda média e alta no 5G


A Ericsson e a MediaTek agregaram 800 MHz de faixas de banda alta com 60 MHz de banda média para conectar um dispositivo ao 5G Standalone. Eles chegaram a uma velocidade de 5,1 Gbps. Com isso, a Ericsson afirmou que as conclusões do teste demonstram que o mmWave pode ter aplicação “robusta” dentro da 5G SA. A companhia ainda informou que pretende comercializar a funcionalidade no terceiro trimestre comercial de 2021.

PUBLICIDADE

O teste foi realizado em uma câmara de mmWave com envio do sinal pelo ar para um dispositivo de modem MediaTek M80 5G. A demonstração também contou com o hardware de sistema de rádio e o 5G Core da Ericsson. Este último tem uma arquitetura centrada no fluxo de IP para suporte econômico de altas taxas de pico.

A “Dupla Conectividade 5G”, como chamou a Ericson, poderia ajudar a pavimentar o caminho para casos de uso de banda larga móvel e acesso fixo sem fio (FWA), como jogos e mídia imersiva. O Chefe da linha de produtos 5G RAN da Ericsson, Hannes Ekstrom, disse acreditar que essa nova conectividade dupla de rádi” será bastante atraente para seus clientes. 

A Qualcomm também realizou teste combinando banda C com mmWave em 5G SA para chamada de dados. A companhia anunciou ter finalizado os testes no mesmo dia do anúncio da Ericsson e MediaTek. Eles utilizaram o modem Snapdragon X65 5G da Qualcomm e módulo de antena em fator de forma de dispositivo inteligente, responsável por agregar as diferentes bandas. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Serviços de comunicação variam 0,1% em fevereiro
Próximos Anatel adia decisão que pode autorizar cobrança antecipada em planos de TV paga