PORTAL DE TELECOM, INTERNET E TIC

Negócios

Em parceria, China Mobile e NLT Telecom vão oferecer redes privativas para ISPs

União de forças envolve todas as etapas de implantação de uma rede corporativa, com destaque para as conexões de IoT
China Mobile e NLT Telecom fecham parceria para oferecer serviço de redes privativas
China Mobile e NLT Telecom fecham parceria para oferecer serviço de redes privativas (crédito: Freepik)

A China Mobile International (CMI) e a NLT Telecom, operadora móvel virtual especializada em soluções de Internet das Coisas (IoT), anunciaram, nesta quarta-feira, 7, uma parceria para implantação de redes privativas. O foco inicial da união de forças é o mercado de provedores de serviços de internet (ISPs).

Segundo as empresas, a parceria envolve todos as etapas de uma rede privativa, como projeto de implantação, processos regulatórios, equipamentos, softwares e operação das redes. Desse modo, os ISPs podem focar no suporte aos clientes.

As empresas dizem que, por meio do serviço oferecido, os provedores podem ampliar a atuação para o segmento de IoT e adicionar novas linhas de receita aos negócios.

“O objetivo desta parceria da NLT com a China Mobile International é contribuir para que provedores de internet continuem com seu papel fundamental de promover o desenvolvimento tecnológico no campo, em áreas industriais e cidades de qualquer tamanho”, afirma, em nota, André Martins, CEO da NLT.

Além disso, as parceiras destacam que as redes privativas oferecidas podem ser implantadas em diversas configurações, a depender de cada aplicação e das condições geográficas locais.

As empresas também informaram que já estão trabalhando com o provedor CNX Telecomunicações em uma rede privativa no sul da Bahia dedicada ao agronegócio. A solução conta com cobertura celular (utilizando duas eNodeB LTE, hardware que funciona como uma estação base) e rede LoRa, em uma estrutura de cross-connectivity.

Na prática, a rede celular é responsável por cobrir uma área de aproximadamente 30 mil hectares, conectando dispositivos móveis de alto consumo em tratores e máquinas. Enquanto isso, a rede LoRa cobre uma área ainda maior, atuando na conexão de sensores de baixo consumo de energia. Em uma primeira etapa, a aplicação de IoT planejada será usada no controle de máquinas e no monitoramento das condições do solo, entre outras atividades.

TEMAS RELACIONADOS

ARTIGOS SUGERIDOS



 

Chatbot com IA da Mundiale automatiza vendas dos ISPs em até 84%
ISPs ainda podem contar com envio automatizado de boleto com régua de cobrança para reduzir a inadimplência e com gerenciamento fim-a-fim.