Em meio a disputa com os EUA, Huawei tem alta de 76% no lucro em 2021


Huawei tem queda em sua receita em 2021

As disputas comerciais entre os Estados Unidos e a Huawei serviram para a gigante de tecnologia ampliar em 76% seu lucro líquido em 2021. Segundo a própria empresa, a cifra atingiu US$ 17,83 bilhões, lucro mais alto de sua história.

PUBLICIDADE

A guerra comercial patrocinada pelos norte-americanos, que defendem a redução da dependência da cadeia de produção tecnológica em relação à China e até baniram a Huawei de seu mercado em 2020, teve reflexo sobre a receita do grupo asiático. Em cautela, a empresa reviu gastos, otimizou investimentos, e com isso conseguiu ampliar o lucro em meio à perda de faturamento.

Ao todo, a receita de vendas em 2021 somou 636,8 bilhões de yuans (US$ 99,88 bilhões), o que significa uma redução de 28,6% em comparação ao ano anterior. Os dados foram divulgados hoje pela gigante, numa coletiva de imprensa virtual para mais de uma centena de jornalistas.

A perda de receita é atribuída pela empresa mais à pandemia de Covid-19 do que à geopolítica. Segundo o presidente rotativo da Huawei, Guo Ping, o desempenho era previsto.

“Nossa unidade de negócios com operadoras permaneceu estável, nossa unidade de negócios com o setor empresarial experimentou um crescimento constante e nossa unidade de negócios de consumo rapidamente se expandiu para novos domínios. Nesse período, aproveitamos a crise  para investir mais em tecnologia”, falou.

Na divisão por área de negócio, consumo e operadoras foram as mais afetados. Em consumo, o recuou foi de 50%, de 483 bilhões para 243 bilhões de yuans (US$ 38 bilhões). E em operadoras, a queda foi de 7%, de 302 bilhões para 281 bilhões de yuans (US$ 44 bilhões). Em compensação, a área de negócios corporativos cresceu 2%, de 100 bilhões para 102 bilhões de yuans (US$ 16 bilhões).

Os ganhos da Huawei caíram em dois dígitos em todas as regiões que opera. A mais forte queda foi na China, 31%, com 413 bilhões de yuans ante 597 bilhões em 2020 (US$ 95 bilhões). Nas Américas, o recuo foi de 26%, de 39,5 bilhões de yuans para 30 bilhões de yuans (US$ 4,7 bilhões).

O Relatório Anual de 2021 da Huawei pode ser lido, em inglês, aqui.

PUBLICIDADE
Anterior Aluguel de postes em debate no INOVAtic Sul
Próximos IBM e Logicalis fecham parceria de olho na implantação do 5G na América Latina