Em 2018, 37,7 milhões de tablets serão vendidos na América Latina


O mercado de tablets na América Latina representará 9,3% do mercado global em 2018, conforme pesquisa da Pyramid Research, quando as vendas devem chegar a 37,7 milhões de unidades.Em 2013, foram vendidos 14,2 milhões de dispositivos na região, o equivalente a 6% das vendas globais.

De acordo com o relatório, o panorama do mercado tablet em todos os países da América Latina é formada por dinâmicas e iniciativas que variam de país a país. No entanto, existem quatro principais catalisadores que impulsionam a adoção de tablets em toda a região. Em primeiro lugar, o poder de compra da classe média crescente da América Latina tem aumentado muito nos últimos anos e deverá continuar a fazê-lo, avaliou a firma de pesquisa. também tem relevância para o impulso a esse mercado a introdução de marcas de tablet locais e tablets off-label.

O fato das empresas de telecomunicações e provedores de televisão por assinatura estarem avançando em novas ofertas de conteúdo de vídeo, subsídio de aparelho e estratégias de dados móveis também é um sinal positivo. Finalmente, os governos de toda a região estão planejando implementar novas iniciativas para colocar tablets nas mãos dos alunos.

PUBLICIDADE
Anterior Cresce apoio para adiamento do leilão de 700 MHz. Anatel quer votar nesta quinta,10.
Próximos UE invalida regra de guarda de dados por operadoras