Eduardo Ricotta deixa a Ericsson em abril


A fabricante de equipamentos para redes de telecomunicações Ericsson está à procura de um novo presidente para o cone Sul da América do Sul. A empresa anunciou hoje, 9, que Eduardo Ricotta deixará o posto em 16 de Abril. Em seu lugar, Vinicius Dalben, atual “head de commercial management Latam South” será o presidente interino. Ele assume a posição em 19 de abril.

“A busca por seu sucessor está em andamento e Eduardo apoiará a liderança da Ericsson na transição”, afirma a Ericsson, em nota. Arun Bansal, Head da Ericsson para Europa e América Latina, disse: “Agradecemos a Eduardo por sua valiosa contribuição para a Ericsson. Ele partirá com os nossos melhores votos para o seu futuro”.

Ricotta está há 27 anos na Ericsson, onde passou por diferentes posições de comando. Foi diretor, vice-presidente para América Latina e Caribe, presidente da Ericsson Brasil, e desde 2019 comandava a região do Cone Sul da América Latina.

O executivo sai para assumir um novo desafio, em outro setor, o de energia. Vai comandar a Vestas na América Latina, com base em São Paulo. A empresa é dinamarquesa e comercializa turbinas para geração de energia eólica. É a maior do mundo no ramo e conta com 29 mil funcionários. Em 2020, faturou € 14,8 bilhões.

Ao chamar Ricotta para dirigir os negócios na América Latina, espera crescer em contratos, receitas e lucratividade. No Linked In, a empresa publicou posto no qual deu as boas vindas ao executivo brasileiro, que inicia no cargo em 19 de abril.

Anterior Ericsson não enviará executivos ao MWC presencial
Próximos Presidente da Record assume presidência do Fórum SBTVD