PORTAL DE TELECOM, INTERNET E TIC

Internet

EACE lança identidade visual do projeto Aprender Conectado

Iniciativa que tem o objetivo de conectar todas as escolas públicas do País ganhou logotipo que utiliza os símbolos do acesso à internet e da educação, o sinal de WiFi e o lápis, respectivamente
EACE lança identidade visual do projeto Aprender Conectado
Conduzido pela EACE, Aprender Conectado ganha identidade visual que une conectividade e educação (crédito: EACE/Divulgação)

A Entidade Administradora da Conectividade de Escolas (EACE) lança, nesta semana, a nova marca do Aprender Conectado, programa que tem o objetivo de conectar as escolas públicas de todo o País. Na prática, a inciativa ganhou uma identidade visual que busca correlacionar estudos e acesso à internet.

O lançamento da marca acontece após nove meses de atuação da EACE, que surgiu para operacionalizar os procedimentos de conectividade nas escolas públicas brasileiras.

A criação da entidade ocorreu como contrapartida do edital do 5G, o qual destinou recursos da ordem de R$ 3,1 bilhões para a conexão de escolas públicas de educação básica, com a qualidade e a velocidade necessárias para o uso pedagógico das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) nas atividades educacionais.

Logotipo

De acordo com a EACE, o processo de construção da identidade visual do Aprender Conectado foi realizado por meio da avaliação de relatórios técnicos, entrevistas e workshops com os stakeholders da entidade. O objetivo era transmitir o propósito da conectividade como ferramenta de inclusão social.

“Durante o estudo, chegamos a um insight que parece muito óbvio, mas é a constatação da realidade: a educação é o único caminho para uma vida melhor, mas não pode ser excludente, como é atualmente”, diz, em nota, Lee Swain, diretor da Cabernet Agency, agência de publicidade responsável pela elaboração da identidade visual.

O resultado foi a criação de uma marca que utiliza os ícones mundialmente conhecidos da tecnologia e da educação, o símbolo de WiFi e o lápis, respectivamente.

“A nossa marca existe para nos conectar a um sonho. O sonho de um futuro em que a tecnologia seja disponibilizada para toda a educação básica brasileira, fazendo das escolas públicas um motor de transformação social, contribuindo para a democratização do acesso à informação, ao conhecimento e à cidadania”, afirma, também em nota, a CEO da EACE, Paula Martins.

TEMAS RELACIONADOS

ARTIGOS SUGERIDOS