E-commerce deve faturar R$ 49,7 bilhões em 2017


carrinho-de-mercado-e-commerce-loja-virtualO e-commerce brasileiro cresceu em 2016 e deve continuar bem em 2017, conforme relatório da consultoria Ebit. Ano passado, o varejo online faturou R$ 44,4 bilhões, um crescimento de 7,4% ante os R$ 41,3 bilhões registrados em 2015. O número de pedidos permaneceu estável, em 106,3 milhões, mas o tíquete médio registrou alta de 8% na comparação entre os períodos, passando de R$ 388 para R$417.

Os dados constam no relatório Webshoppers nº 35, divulgado nesta quinta-feira (16) pela Ebit, empresa de informações sobre o varejo eletrônico nacional. Para 2017, o relatório aponta que o e-commerce brasileiro faturará R$ 49,7 bilhões, com crescimento nominal de 12%.

O tíquete médio deverá expandir 8%, para R$ 452, enquanto que, para o volume de pedidos, a expectativa é de uma alta de 4%, para 110 milhões. A Ebit prevê 40% de crescimento das compras feitas por meio de dispositivos móveis no comércio eletrônico. A expectativa é que 32% das transações provenham de smartphones e tablets em dezembro de 2017. (Com assessoria de imprensa)

PUBLICIDADE
Anterior Embratel anuncia solução de segurança baseada em nuvem
Próximos Oi Total chega a um milhão de clientes