E-book Campo Digital. Novo produto do Tele.Síntese


Os primeiros capítulos do E-Book Relatório Exclusivo Campo Digital começam a ser distribuídos este semana para o segmento de agrobusiness brasileiro e mercado de tecnologia da informação, telecom e internet. Novos capítulos virão nos próximos dias

O Brasil é um dos maiores produtores de alimentos e commodities agrícolas do mundo. São mais de 5 milhões de estabelecimentos, que ocupam 41% da área total do país, conforme o último Censo Agropecuário do IBGE, de 2017. Esses números são parte do cenário no qual há uma gama de empresas trabalhando para ampliar o uso da tecnologia digital na agropecuária brasileira a fim de aumentar a produtividade, otimizar os recursos e processos, tornar o setor mais competitivo e, consequentemente, garantir mais rentabilidade.

Para traçar uma extensa pesquisa sobre  segmento, o Tele.Síntese criou um novo produto, o Relatório Exclusivo Campo Digital. Nesta semana publicaremos os primeiros cadernos de uma série que vai abordar a inovação, a conectividade, as políticas públicas, o clima, sistemas de gerenciamento, entre outros tópicos desse importante segmento da economia brasileira – conforme o Censo Agro do IBGE, o valor da produção com atividades agropecuárias chegou a R$ 465 bilhões em 2017.

PUBLICIDADE

O primeiro caderno, como não poderia deixar de ser, devido à grave crise gerada pela pandemia do coronavírus em todo o globo, relata a ação da agricultura brasileira na implementação de soluções inovadoras para assegurar o abastecimento da população. As soluções digitais incluem do uso de imagens captadas por drones ou satélites, passando pelo geoprocessamento e Inteligência Artificial, até máquinas conectadas.

O lançamento deste novo produto traz ainda um caderno sobre tecnologia, mostrando os avanços ocorridos nos últimos cinco anos, quando entraram em cena dispositivos como o uso mais intensivo de drones, máquinas conectadas, tecnologia embarcada, softwares e redes de IoT.

A tecnologia no campo tem sido impulsionada por um ecossistema forte e que tem elevado o reconhecimento internacional da inovação no agronegócio brasileiro. De antes até o depois da porteira, soluções são lançadas e tradicionais fornecedores do mercado de TIC, da indústria de insumos, ou de máquinas e equipamentos agrícolas passam a fazer parte desse universo.

Além dos cadernos Covid e Tecnologia, em breve lançaremos outros, abordando os temas Inovação e Conectividade. (Da Redação)

 

 

Anterior Politização pode afastar Huawei e encarecer 5G, alerta Maia
Próximos Senado aprova desoneração da folha de TIC e call center até 2021