Dish pode ficar com pré-pago da Sprint, na fusão com T-Mobile


A operadora de TV paga via satélite dos Estados Unidos,  Dish Network, poderá ficar com a operadora de pré-pago da Sprint, que tenta vender este ativo, para ter a sua fusão com a T-Mobile aprovada pela agência de telecomunicações e o Departamento de Justiça (DoJ). Segundo a agência Bloomberg, a fusão estaria prestes a ser aprovada pelas duas agências.

PUBLICIDADE

Ainda segundo a agência de notícias, a Dish estaria disposta a desembolsar US$ 6 bilhões por esse ativo. Estariam também no páreo a Altice USA e a Comcast.

A fusão das duas operadoras encontra, porém, resistências dos estados, que temem pela concentração do mercado.

 

 

Anterior Cade arquiva representação da Microsoft contra o Google
Próximos Governo veta ABDI no Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações