DF adota tecnologia de reconhecimento de impressão digital


O consórcio ABNEC, formado pelas empresas American Banknote (ABnote) e NEC Brasil, está implementando na Polícia Civil do Distrito Federal um projeto para a emissão das novas carteiras de identidade de forma digital e, também, para a identificação civil e criminal. A NEC é responsável pela implementação do Sistema Automático de Identificação de Impressões Digitais …

O consórcio ABNEC, formado pelas empresas American Banknote (ABnote) e NEC Brasil, está implementando na Polícia Civil do Distrito Federal um projeto para a emissão das novas carteiras de identidade de forma digital e, também, para a identificação civil e criminal. A NEC é responsável pela implementação do Sistema Automático de Identificação de Impressões Digitais (Automated Fingerprint Identification System – AFIS) e a ABnote pelo processo de modernização que inclui desde a montagem da infraestrutura, sistema de captura, integração com sistemas internos e externos, logística e emissão da nova carteira de identidade.
 
A primeira fase do projeto, já entregue, contempla a conversão dos 3 milhões de prontuários civis e criminais, que constituem a base AFIS e a emissão digital de todas as novas carteiras de identidade ou produção de segunda via dos documentos. Em uma segunda fase, o AFIS vai auxiliar os peritos papiloscopistas no processo de verificação por meio das impressões digitais, permitindo a Polícia Civil do DF identificar rapidamente criminosos.
 
O sistema do Distrito Federal poderá se integrar e trocar informações e consultas de impressões digitais com qualquer outro Estado do país que também disponha de um sistema AFIS no padrão internacional ANSI/NIST, como, por exemplo, os estados do Rio Grande do Sul e Maranhão. (Da redação, com assessoria de imprensa)

PUBLICIDADE
Anterior Engenheiros questionam eficiência do plano de melhoria do Speedy
Próximos Huawei inaugura laboratório para testar LTE