Desktop não pretende participar do leilão 5G


Leilão está previsto para outubro, mas data ainda não é confirmada

A Desktop não pretende participar diretamente do leilão do 5G, mas se prepara para atuação indireta. É o que contaram executivos da empresa nesta terça, 17, durante apresentação comentada dos resultados do segundo semestre de 2021 da companhia, divulgados nesta segunda, 16.

“Estamos avaliando o movimento em torno do leilão. Vemos oportunidade em fornecer infraestrutura para operadoras que queiram trabalhar em áreas onde nossa cobertura é muito ampla”, responderam, em pergunta do TS, durante o evento.

PUBLICIDADE

A Desktop já alcançou 54 cidades no Estado de São Paulo, e adotou estratégia de expansão nas áreas adjacentes à que atua. Recentemente, adquiriu a C-lig e a Starnet, e já estuda como crescer dentro do Estado ou até expandir as fronteiras.

“Nosso planejamento é feito com bastante antecedência. Já estamos pensando no segundo semestre de 2022. Foco {para crescimento] está em áreas adjcentes ao Estado de São Paulo. Estamos estudando, sempre priorizando áreas com possibilidade maior retorno.”

Inadimplência  

Apesar de não fornecer números, a Desktop comemora a queda na taxa de inadimplência de seus clientes, do primeiro para o segundo trimestre de 2021. A empresa considera que a entrada de novos clientes ajudou muito para esse resultado. Também celebra a nota média de 8,3 no Reclame Aqui.

 

Anterior Brisanet vai para o leilão 5G, mas vê carga alta de compromissos
Próximos Franquias da Brisanet fecharão ano com 300 mil assinantes, prevê CEO