Desktop ganha 39 mil assinantes no 1º trimestre de 2022


Desktop já conta com mais 39 mil assinantes/Crédito: Divulgação
Desktop já conta com mais 39 mil assinantes/Crédito: Divulgação

Depois de um lucro líquido de 155%, na comparação do quarto trimestre de 2021 e 2020 e de uma receita líquida com alta de 146%, no mesmo tipo de comparação, a Desktop anuncia mais um recorde, de adição de 39 mil assinantes no primeiro trimestre de 2022. Entre outubro e dezembro do ano passado, a empresa somou 32 mil novos assinantes, um número maior que a do trimestre anterior, de 25 mil assinantes. A companhia fechou 2021 com 612 mil clientes.

Segundo o CEO da Desktop, Denio Alves Lindo, a estratégia de crescimento inorgânico da companhia vai continuar em 2022. Em teleconferência realizada nesta quinta-feira, 31, ele informou que já há negociação com exclusividade de oito ISPs, com cerca de 400 mil assinantes, no total. “Nós não vamos comprar tudo, mas há uma expectativa de crescimento até para fora do estado”, disse.

PUBLICIDADE

As aquisições vão seguir a regra de serem cidades adjacentes as onde a operadora já atua e onde o backbone, de mais de 40 km está presente, sendo que 60% dessa infraestrutura foi construída nos últimos 12 meses. “Em comparação com a rede de 2020, de 7,1 Km, o crescimento foi de 467%”, afirma o CEO.

Lindo disse que há capital alocado e em caixa para as novas aquisições e que as sinergias das compras anteriores, como a redução com custos de conectividade IP e de transporte ainda serão captados nos próximos meses. O endividamento de 2,3x em relação ao Ebitda não preocupa a empresa, já que a maior parte é de longo prazo.

PUBLICIDADE
Anterior Oi: saiba por que a maior recuperação judicial do país não foi concluída
Próximos Novo ministro diz que "nunca abandonará a ciência e a tecnologia"