Depois de seis meses, leilão da FCC alcança valores mínimos


shutterstock_Merydolla_politica_infraestrutura_regulacao_geral_frequencia_abstrata

PUBLICIDADE

A FCC (agência reguladora de telecom dos EUA) comunicou ontem, 18, ao mercado que a licitação de “incentivo” da frequência de 700 MHz atingiu os valores mínimos estipulados para remunerar as emissoras de radiodifusão, que colocaram o seu espectro à venda, e ainda vai sobrar dinheiro para o governo federal. A agência disse ainda que a licitação vai continuar até que não haja “excesso de demanda”.

Somente após o fechamento definitivo do leilão é que serão conhecidos os vencedores, que irão escolher os blocos de frequências desejados. Com essa venda, os radiodifusores que participaram do leilão reverso (a venda pelo menor preço) promovido anteriormente, vão receber US$ 10,05 bilhões e alguns outros bilhões (ainda não conhecidos) irão para o Tesouro dos EUA.

Com esse leilão, serão redirecionados para as operadoras de celular 70 MHz. Outros 14 MHz serão destinados para o uso não licenciado para produtos e serviços inovadores.

Em  julho do ano passado, a FCC anunciava que 62 empresas se qualificaram para participar da disputa. Entre elas AT & T, Verizon e T-Mobile.  Sprint e Google informaram  que não iriam participar.  (com agências internacionais).



Anterior Brasscom vai capacitar 500 alunos pelo Pronatec
Próximos MCTIC lança estudo sobre sustentabilidade das cidades