Dell, AlefEdge e Tech Mahindra lançam serviço de computação de borda 5G para operadoras


Três empresas anunciaram hoje, 18, uma parceria para vender serviços de computação de borda para redes 5G às operadoras móveis. Dell, AlefEdge e Tech Mahindra vão comercializar conjuntamente infraestrutura MEC (acrônimo para Mobile Edge Computing). As teles poderão locar a infraestrutura como serviço.

De acordo com o trio, a oferta conjunta prevê a implementação de ambientes de computação em nuvem dentro da infraestrutura das redes móveis, sem necessidade modificação de sistemas existentes. Será possível colocar a solução em servidores instalados nas torres móveis, sem mexer nos equipamentos de rede existentes.

A comercialização acontece sob demanda, com pagamento pelo uso. Dessa forma, as operadoras poderão expandir o consumo dos recursos sem a necessidade da troca do equipamento, pagando pela utilização efetiva. O suporte é responsabilidade da Dell.

A expectativa das empresas é atender ao crescente mercado de computação de borda, que se tornará mais necessária para a entrega de serviços de baixa latência derivados das redes 5G. De acordo com a consultoria IDC, a implementação da quinta geração de telefonia móvel trará um aumento de 40% no tráfego das redes de dados das operadoras. Os principais casos de uso deste tipo de tecnologia estão relacionados com aplicações que exigem baixo tempo de resposta, como Video Analytics, Gaming, Realidade Aumentada, CDN (Content Delivery Networks), entre outros.

“No escopo dessa parceria de colaboração há um propósito comum de crescimento enquanto adaptamos nossos recursos ao ecossistema dos negócios digitais. Com a Dell Technologies e a AlefEdge, formamos uma das parceiras mais estratégicas para nós. Juntos podemos oferecer valores realmente diferenciados aos nossos clientes, com soluções e serviços competitivos para atender desafios da transformação digital rumo ao desenvolvimento e implantação do 5G”, afirma Marcio Roberto Ribeiro, gerente de operações LATAM Cone Sul da Tech Mahindra. (Com assessoria de imprensa)

Anterior F5 compra empresa de edge-as-a-service
Próximos Metral: Combate à pirataria precisa continuar em 2021