De plataformas de e-commerce a serviços financeiros, Go2Go quer ser o motor do varejo


A Go2Go começou no setor de food service e hoje atende a 450 marcas e mais de 4,5 mil lojas conectadas. Entre os clientes estão Bob´s, Pizza Hut, Droga Raia, Sushi Chic, Forno Rio, Carnes Wessel, AM.PM. A empresa já recebeu R$ 2,5 milhões de um Family Office e investiu outros R$ 2 milhões. Avaliada em R$ 65 milhões , está em road show para uma captação de serie A de R$ 15 milhões.

A Go2Go quer ser o motor do processo de delivery do varejo. A empresa começou no setor de food service e hoje atende a 450 marcas e mais de 4,5 mil lojas conectadas. Entre os clientes estão Bob´s, Pizza Hut, Droga Raia, Sushi Chic, Forno Rio, Carnes Wessel, AM.PM. A empresa já recebeu R$ 2,5 milhões de um Family Office e investiu outros R$ 2 milhões. Avaliada em R$ 65 milhões está em road show para uma captação de serie A de R$ 15 milhões.

Ernesto Bitran, CEO e Founder da Go2GO

Ernesto Bitran, CEO e founder da Go2Go, diz que o varejo está e transição. Os grandes operadores de delivery começaram a perceber que tinham uma relação muito próxima com os consumidores e passaram a estender a operação para outros segmentos como e-commerce de utilidades. Do outro lado da mesa, os operadores de varejo e e-commerce perceberam que esses operadores de delivery viraram uma ameaça e estão criando soluções de entregas de mesmo dia.

“Há uma mudança de comportamento do e-commerce, que tinha uma visão centralizadora de CDs e a agora faz uma logística descentralizada, o que faz com que uma empresa como a Americanas possa vender algo para ser entregue em 40 minutos na casa do cliente”, diz Bitran.

A Go2Go tem uma série de serviços para permitir que o varejo acostumado a vender no mudo físico possa  vender no mundo digital de maneira organizada. Bitran diz que a ideia é que a empresa conecte-se diretamente ao consumidor final e possa acompanhar a jornada no momento em que o consumidor toma a decisão de compra até que ele receba a mercadoria.

“Estamos por trás das operações de delivery dos estabelecimentos. Conectamos todos os marketplaces como iFood, Uber Eats, Rappi diretamente nas lojas e integramos todos os serviços no PDV do estabelecimento, para que a jornada do operador seja mais eficiente, sem risco de pedidos errados ou atrasos” explica Betran. A solução faz ainda sincronização de cardápios e ofertas, tanto para um restaurante ou uma drogaria.

“O motor que faz tudo isso é a Go2Go. Um dos caminhos da plataforma é colocar todos pedidos e toda a organização de ofertas e cardápios do mundo digital num lugar simples”, explica Bitran. A plataforma também cria canais para o lojista vender direto. Quando a pessoa pede uma pizza no iFood, a informação que o lojista recebe é de que alguém pediu uma pizza de determinado sabor. O estabelecimento não consegue se relacionar com o  cliente.

“Além de todo o serviço de integração a plataformas Go2Go tem um módulo para a criação de canais white label (com a marca do cliente) para os estabelecimentos poderem vender direto. Criamos aplicativo e o site de e-commerce que traz programas de fidelidade e meios de pagamentos”, diz Bitran.

Tendo o Total Bank como parceiro, a Go2Go também oferece serviços financeiros como carteira digital e cartão de crédito Mastercard para o estabelecimento fazer compras sem taxas de antecipação. A empresa também permite que o varejista use seus recebíveis para comprar em fornecedores homologados.

“No mercado de food service, os estabelecimentos têm dificuldades de obter crédito. E essa solução permite que ele use seus recebíveis como lastro e nós garantimos o recebimento dos fornecedores”,  diz Bitran.

Anterior Vivo fará a conectividade dos carros da Hyundai
Próximos Fluke recorre ao crowdfunding para financiar sua expansão