De cada 5 ataques na internet, um é produzido por governos, diz especialista


relatorio-ciberseguranca-2017-cisco

“O desafio do processo civil e do mercado é acrescentar camadas mínimas de segurança para que a Internet das Coisas seja menos suscetível em se transformar em arma”, disse hoje, 8, Jonny Doin, CEO da Grid Vortex, em workshop sobre segurança promovido pelo MCTIC.

Segundo Giuseppe Marrara, diretor de relações governamentais da Cisco, os ataques à rede geram lucros de mais de US$ 35 bilhões ao ano para os infratores, e a empresa já identificou a existência de 55 organizações criminais organizadas que praticam o crime nesse cyber espaço.

PUBLICIDADE

A pesquisa da Cisco apurou ainda que, dos ataques já realizados, 18% são relacionados a nações. “Ou um em cada cinco ataques que ocorrem hoje é conduzido por um governo”, observou. E, o que é pior, 81% desses ataques são feitos por fraude de identidade dos usuários.

Para o diretor da SBC, professor Lisandro Carnaville, no entanto, o principal responsável pela segurança deve ser o dispositivo IoT e não a rede de telecom. Mas todos admitem que, sem uma atuação compartilhada, as falhas na segurança tenderão a aumentar.

Anterior Cisco indica que a internet tende a ficar cada vez mais regional
Próximos Oracle do Brasil tem novo presidente