Dados são indispensáveis para a sustentabilidade, diz SAP


Paulo Mendes, CFO SAP – Crédito: Divulgação

A falta de sistemas para o core bancário não tira o interesse da SAP no mercado financeiro. Também não assusta a empresa a histórica preferência dos bancos e seguradoras por desenvolver suas próprias aplicações. A SAP tem conseguido ingressar no setor financeiro com sistemas corporativos de gestão. Paulo Mendes, CFO da SAP Brasil, explica que a corporação conta com uma vertical de finanças e um portfólio completo de soluções e concentra bancos e fintechs na mesma unidade. E diz que há sinergias com os clientes globais.

CFO da SAP Brasil destaca também a área de ESG e como os dados são indispensáveis para a efetividade das iniciativas de sustentabilidade. Há um ano, a SAP criou um comitê interno ESG, do qual Mendes é patrocinador. São dois objetivos: a incorporação das práticas ESG internamente e também ajudar os clientes nessa jornada. Hoje, mais de 80% das empresas que integram o Índice de Sustentabilidade da B3 são clientes SAP.

PUBLICIDADE

Leia a reportagem completa no Digital Money Inform

Anterior Anatel quer ouvir ISPs sobre venda da Oi Celular
Próximos ISPs devem aumentar competição nos lotes regionais