CVC confirma ataque cibernético mas não informa áreas afetadas


Aumentam casos de ataques cibernéticos - Crédito: Freepik
Grupo CVC foi vítima de cibercriminosos – Crédito: Freepik

O grupo CVC, que controla a CVC Brasil e o Submarino Viagens, confirmou no final de semana que foi vítima de um ataque cibernético. Ontem foi publicado um comunicado em seus sites explicando que o embarque dos clientes e agendamento de passagens não foram afetados, mas a central de atendimento estava temporariamente indisponível. A empresa não informou o tipo de ataque e quais as áreas foram afetadas.

O site da CVC Corp continuava indisponível até hoje no começo da tarde. De acordo com a empresa, os protocolos de segurança foram prontamente ativados e a companhia passou a atuar de “forma diligente para mitigar os efeitos do ocorrido e preservar a continuidade dos negócios”.

PUBLICIDADE

Os ataques à CVC aconteceram depois de outros casos famosos, como os das Lojas Renner, Laboratório Fleury e o grupo JBS em sua operação nos Estados Unidos. Segundo a consultoria alemã Roland Berger, somente este ano as perdas globais podem somar US$ 6 trilhões. O Brasil se tornou um dos principais alvos e no primeiro semestre teria registrado mais ataques ransoware do que no ano passado inteiro, diz a empresa.

Anterior Operadoras dos EUA apresentam instabilidade após falhas no Facebook
Próximos SKY libera 11 canais e pacote HBO em outubro