Cristovam Buarque presidirá comissão de C&T do Senado Federal


Terminou hoje pela manhã a reunião de líderes do Senado para tratar das indicações dos próximos presidentes das comissões permanentes da Casa. A divisão entre os partidos e os nomes já definidos foram comunicados ao presidente Renan Calheiros.

Pela divisão combinada, o PMDB, partido com maior número de representantes no Senado, ficará com três comissões: Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), Infraestrutura (CI) e Assuntos Sociais (CAS). Uma reunião ainda nesta quarta (25) pode definir os titulares.

O PT terá dois colegiados: Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), que deve ser comandada por Paulo Paim (RS), e Assuntos Econômicos (CAE), ainda sem definição.

PUBLICIDADE

O PSDB ficou com a Comissão de Relações Exteriores (CRE), que deve ser presidida por Aloysio Nunes Ferreira (SP). O PSB terá o direito de assumir a Educação (CE), tendo à frente Romário (RJ). Já o PSD teve o direito de comandar a Comissão de Meio Ambiente. A tarefa ficará com Otto Alencar (BA).Também já estão definidas as seguintes presidências das comissões: Ciência e Tecnologia (CCT), com Cristovam Buarque (PDT-DF); Desenvolvimento Regional (CDR), com Davi Alcolumbre (DEM-AP); e Agricultura e Reforma Agrária (CRA), com Ana Amélia (PP-RS). Para o Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, está confirmado o nome de João Alberto Souza (PMDB-MA).

Os maiores partidos escolhem as comissões que lhe interessam, por rodízio. A de Ciência e Tecnologia, ontem, era a última prioridade prioridade partidária e acabou para o senador do PDT, por Brasília, que já foi reitor da Universidade de Brasília. ( com agência Senado)

Anterior Lucro do grupo Telefónica encolhe 89,5% no último tri de 2014. No ano, cai 34%
Próximos CEO da Telefónica não descarta consolidação no Brasil