Criador do processador 486 volta para a Intel, como CEO


A Intel anunciou hoje, 13, que o conselho de administração escolheu Pat Gelsinger como novo CEO da empresa. Ele assume o posto em 15 de fevereiro. O executivo também fará parte do conselho. Ele será o sucessor de Bob Swan, que permanecerá como CEO até lá.

PUBLICIDADE

Gelsinger é um veterano do setor, com mais de quatro décadas de experiência em tecnologia e liderança, incluindo 30 anos na Intel, onde começou a carreira de engenheiro. Ele foi o arquiteto do processador 80486 original (ao lado de Derrick Meyer), liderou 14 programas de microprocessador diferentes e desempenhou papéis importantes nas famílias Core e Xeon.

O anúncio de hoje não tem relação com o desempenho financeiro de 2020 da Intel, diz a empresa. A companhia afirma que o lucro do quarto trimestre de 2020 virá acima do projetado em outubro. Destaca também que tem progredido em sua tecnologia de fabricação em processo de 7nm e irá fornecer uma atualização quando divulgar seus resultados completos do quarto trimestre e do ano de 2020, conforme programado anteriormente em 21 de janeiro de 2021.

“Após consideração cuidadosa, o conselho concluiu que agora é o momento certo para fazer essa mudança de liderança e aproveitar a experiência de tecnologia e engenharia de Pat durante este período crítico de transformação na Intel.”, disse Omar Ishrak, presidente independente do conselho da Intel.

“Sob a liderança de Bob Swan a Intel fez um progresso significativo em sua estratégia de se transformar em uma empresa XPU de múltiplas arquiteturas para capitalizar nas mudanças de mercado e estender o alcance a mercados de rápido crescimento”, acrescentou Ishrak.

Gelsinger vem da VMware, onde era CEO desde 2012. Antes de ingressar na VMware, Gelsinger foi presidente e diretor de operações de Produtos de Infraestrutura na EMC. Passou 30 anos na Intel, tornando-se o primeiro diretor de tecnologia da empresa e impulsionando a criação de tecnologias-chave do setor, como USB e Wi-Fi. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Asus lança notebooks com tela dupla na CES 2021
Próximos Governo sanciona com vetos lei que impede contingenciamento do FNDCT