TIM coloca 1,4 mil funcionários de call center para trabalhar de casa


O planejamento começou em um sábado pela manhã. Uma semana depois, 100% dos colaboradores dos call centers próprios da TIM estavam atendendo aos clientes em suas casas. A operação, que envolveu até mesmo disponibilização de computadores, é um exemplo de como as empresas precisaram – rapidamente – se adaptar ao novo cenário mundial, impactado pela pandemia do Covid-19. Com inovação, agilidade e engajamento é possível proteger funcionários e sociedade em geral minimizando o impacto para o consumidor.

A mudança para trabalho remoto alcançou cerca de 1.400 funcionários, entre consultores de atendimento e supervisores, que atuam nos call centers próprios da TIM no bairro de São Cristóvão, no Rio de Janeiro, e em Santo André, na região do ABC paulista.

PUBLICIDADE

O primeiro passo foi mapear a situação de cada um dos funcionários. “Sabíamos que precisava ser rápido, mas o mais importante era darmos condições ideais de trabalho para não prejudicar o bem-estar dos colaboradores e nem impactar o atendimento ao cliente. O que realmente fez a diferença foi a resposta imediata dos funcionários”, comenta Paulo Henrique Campos, diretor de Customer Care Operations da TIM Brasil.

A equipe de TI da companhia adaptou os sistemas do call center para uso remoto, permitindo acesso a todas as ferramentas necessárias, além de reforçar aspectos de segurança. O chip 4G da operadora, já disponibilizado para todos os colaboradores, providenciou a conexão em banda larga.

“Adaptamos a rotina familiar e, em casa, estou conseguindo tratar a mesma quantidade de demandas e com a mesma qualidade. A equipe está ainda mais unida, trocamos dúvidas por mensagens, todos se ajudam”, conta Nilsa de Andrade, consultora do call center do Rio de Janeiro.

Em casa, os turnos de trabalho se mantêm. Os supervisores precisaram estar mais próximos mesmo a distância. Além das tarefas habituais de ajudar com dúvidas dos consultores e acionar outras áreas da companhia para solução de demandas, passaram a reforçar dicas de home office, por exemplo. Um vídeo foi gravado mostrando como o profissional faz o login remoto e começa a trabalhar.

“O setor de telecomunicações está exercendo papel crucial na manutenção das relações produtivas e pessoais durante o combate ao coronavírus. Por isso, realizar essa operação em tão pouco tempo foi um desafio ainda maior para garantir, ao mesmo tempo, a segurança e a saúde dos funcionários e qualidade de atendimento ao cliente. Só foi possível graças ao engajamento de toda a companhia e o feedback dos colaboradores e dos consumidores mostra que tomamos a direção certa”, explica Maria Antonietta Russo, VP de Recursos Humanos da TIM Brasil.

Vale ressaltar que a TIM incentiva o uso de canais digitais pelos clientes para demandas como segunda via de faturas, por exemplo. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Angola Cables traça plano de contingência para lidar com a ameaça da Covid-19
Próximos Pagamento do Fistel deve ser adiado