Costa: R$ 30 milhões do Funttel para WiMAX nacional


O Ministério das Comunicações vai investir R$ 30 milhões dos recursos do Funttel (Fundo para o Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações) para desenvolver um equipamento  que possa ser usdo para a  internet de alta velocidade sem fio (WiMAX). O anúncio foi feito hoje por Hélio Costa, ministro das Comunicações, em coletiva à imprensa. Para viabilizar a …

O Ministério das Comunicações vai investir R$ 30 milhões dos recursos do Funttel (Fundo para o Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações) para desenvolver um equipamento  que possa ser usdo para a  internet de alta velocidade sem fio (WiMAX). O anúncio foi feito hoje por Hélio Costa, ministro das Comunicações, em coletiva à imprensa.

Para viabilizar a produção dessa tecnologia , o ministro disse que o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) articulou a criação de uma joint venture, que será formada pelo aporte de capital de cinco fabricantes nacionais de equipamentos de telecomunicações (Asga, Icatel, PadTec, Parks e Trópico), que trabalharão em consórcio com o  CPqD (Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações) e o Ceitec (Centro de Excelência em Tecnologia Eletrônica Avançada). Segundo Costa, a parceria vai desenvolver e colocar no mercado, a partir de 2008, sistemas integrados de comunicação digital sem fio em banda larga.  

Costa ressaltou que essa parceria irá  agilizar a licitação do WiMAX e criar uma alternativa nacional para essa tecnologia. A expectativa do Minicom é que a Anatel realize o leilão até o final do primeiro semestre de 2008. “Nós queremos um WiMAX  brasileiro. Nós temos competência para isso e teremos ótimos resultados”, aposta.

PUBLICIDADE
Anterior Em 2008 Gradiente lançará conversor para TV Digital com interatividade
Próximos Leilão da 3G pode arrecadar mais R$ 600 mi da Vivo