Correios de Portugal negam participação em compra da PT


A empresa de correios de Portugal  – CTT – não participará em qualquer proposta conjunta para aquisição da PT Portugal, nem estão considerando qualquer tipo de investimento de capital na PT. O comunicado divulgado pela companhia, nesta quinta-feira (27), desmente notícias publicadas de que se associaria aos fundos Apax Partners e Bain para compra da operadora.

“Os CTT, no âmbito do desenvolvimento da sua estratégia e para potenciar as alavancas de crescimento divulgadas, continuam a equacionar a celebração de acordos com potenciais parceiros da área de telecomunicações (incluindo a PT Portugal ou os seus potenciais compradores), visando potencializar sinergias”, afirma a empresa no comunicado. Já a Semapa confirmou que celebrou um acordo com os fundos Apax e Bain tendo como objetivo a compra da PT Portugal.

PUBLICIDADE

O consórcio formado pela Apax Partners e pela Bain Capital apresentou em meados deste mês uma oferta indicativa que avalia a PT em 7075 milhões de euros, tendo-se comprometido com a Oi a apresentar nesta sexta-feira uma oferta vinculativa. Em nota, a Oi afirmou que, até ontem, não havia recebido proposta adicional além das mencionadas em 3 e 12 deste mês, da Altice e dos fundos, respectivamente. A proposta deve ser apresentada pelos fundos nesta sexta-feira (28).

Após os anúncios, as ações dos Correios subiram na bolsa de Lisboa, enquanto as da Semapa caíram.

Anterior Parlamento Europeu aprova proposta de separação estrutural do Google
Próximos Positivo inicia operações em Ruanda