Copa e eleições podem mudar calendário de desligamento da TV analógica


shutterstock_Sergey Nivens_radiodifusao_TV_paga_TV_device_TV_na_Copa_Copa

O presidente da Anatel, Juarez Quadros, afirmou que as próximas cidades que estão programadas para passar pelo desligamento da TV analógica no próximo dia 30 de maio,  – Belém, Manaus, Teresina, João Pessoa, Maceió e Aracaju- se não atingirem o percentual de 90% das residências prontas para receberem os sinais digitais, terão os seus sinais desligados somente depois da Copa do Mundo.

Em 14 de agosto, há o planejamento de também desligar a TV analógica nas capitais do Acre, Rondônia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Palmas e Tocantins.

PUBLICIDADE

Segundo Quadros, nessas cidades, se não for atingido o teto na data estipulada, o desligamento só ocorrerá depois das eleições gerais, marcadas para outubro.

Juarez Quadros participou do Painel Telebrasil 2018

Anterior Quadros já fala em divisão de receitas com União em leilão de frequência
Próximos Presidente da Anatel cobra política pública setorial por parte do Executivo