Valorização da Oi na bolsa rende primeiro lucro da Pharol em um semestre


TeleSintese-Grafico-numeros-acoes-mercado-porco-poupanca-porquinho-investimento-cotacao-Fotolia_108236323_Subscription_Monthly_M

A valorização dos papeis da Oi na bolsa brasileira geraram efeitos positivos à Pharol no primeiro semestre deste ano. A empresa portuguesa, dona de 27,2% da Oi, apresentou lucro de € 61,8 milhões. Desde sua criação, em 2015, nunca tinha registrado resultado positivo semestral.

Entre janeiro e junho deste ano, as ações da Oi tiveram valorização da ordem de 60%. Também contribuiu para o lucro da Pharol a valorização das opções de ações que a detem para adquirir maior participação na concessionária brasileira. A companhia pode exercer essas ações até 2019. Um terço delas, no entanto, venceu em março, sem execução.

PUBLICIDADE

O EBTIDA da Pharol foi negativo em € 2,6 milhões. A empresa manteve baixas as chances (em 9,5%) de reaver o dinheiro do calote receido da Rio Forte, empresa do Grupo Espírito Santo, que decretou falência em 2015. A dívida da Rio Forte com a Pharol era de € 897 milhões naquele ano.

Anterior Oi ganha também o recurso das multas, que ficam na RJ
Próximos OMC condena políticas de incentivo do Brasil e dá 90 dias para o país suspender subsídios