Consumo de banda larga nos EUA aumentou 40%, diz consultoria


Close up on fiber optics – Shallow depth of field

O consumo de banda larga nos Estados Unidos no horário comercial aumentou mais de 41% em março,  de acordo com a consultoria OpenVault. Uma semana após a declaração  do vírus como uma pandemia pela Organização Mundial da Saúde a consultoria apurou a mudança de comportamento dos usuários estadunidenses.

Conforme a empresa, o uso médio dos assinantes durante o período do dia das 9h às 17h aumentou para 6,3 GB, 41,4% superior ao valor de 4,4 GB de janeiro. Durante o mesmo período, o uso do horário de pico (18:00 – 23:00) aumentou 17,2%, de 5,0 GB por assinante em janeiro para 5,87 GB em março. O uso diário geral cresceu de 12,19 GB para 15,46 GB, um aumento de 26,8%.

Com base na taxa atual de crescimento, o OpenVault projeta que o consumo em março chegará a quase 400 GB por assinante, um aumento de quase 11% em relação ao recorde mensal anterior de 361 GB, estabelecido em janeiro deste ano. Além disso, o OpenVault projeta uma nova taxa de execução influenciada por coronavírus de 460 GB por assinante por mês daqui para frente.

PUBLICIDADE

A pesquisa do OpenVault é baseada no uso real de mais de um milhão de assinantes de banda larga nos Estados Unidos.

Anterior Operadoras unem forças no combate ao novo coronavírus
Próximos Seal Telecom fornece videoconferência gratuita