PORTAL DE TELECOM, INTERNET E TIC

Internacional

Conselho do Grupo TIM aprova a criação do negócio TIM Enterprise

Constituição da empresa faz parte do plano de redução do endividamento e separação dos ativos da operadora na Itália
TIM Italia aprova a criação da TIM Enterprise
TIM Enterprise foi criada como parte do processo de separação de ativos (crédito: Divulgação)

O Conselho de Administração do grupo italiano TIM aprovou, nesta quarta-feira, 9, o processo de constituição da pessoa jurídica TIM Enterprise, em linha com o planejamento anunciado em julho deste ano.

Elaborado pelo executivo Pietro Labriola com o objetivo de reduzir o endividamento da operadora, o plano estratégico prevê a separação dos ativos de infraestrutura de rede fixa, NetCo, dos de serviços, ServiceCo, o qual inclui TIM Consumir, TIM Brasil e TIM Enterprise.

Dessa forma, a recém-constituída TIM Enterprise passa a deter todas as atividades comerciais para o mercado corporativo e as empresas Noovle, Olivetti e Telsy, além dos data centers do grupo.

O novo negócio deve ampliar o foco em serviços digitais, apoiando-se numa posição de liderança junto da Administração Pública e de grandes clientes, numa proposta de venda de ponta a ponta. Parte do capital será vendido a um sócio minoritário, conforme o plano anunciado anteriormente.

Como parte da ServiceCo, a TIM Consumer concentra todas as atividades comerciais fixas e móveis no mercado de varejo de consumo e pequenas e médias empresas. Também fica com ativos de rede móvel e plataformas de serviços.

A TIM Brasil, por sua vez, segue o plano estratégico definido em território nacional. A operadora espera aceleração do crescimento da receita, do EBTIDA e da geração de caixa após a aquisição das atividades móveis do Grupo Oi.

No caso da NetCo, a operação inclui a rede fixa, primária e secundária, e as atividades de atacado nacional e internacional (Sparkle). O foco da empresa será a implantação da rede de fibra óptica em todo o território italiano. O negócio terá um novo sócio. Atualmente, a TIM Italia negocia com a rival Open Fiber.

As concorrentes assinaram um acordo que estende o memorando de entendimento a respeito da integração das redes de fibra até o próximo dia 30 de novembro.

TEMAS RELACIONADOS

ARTIGOS SUGERIDOS