Compartilhamento de infraestrutura deve ser o mantra


O compartilhamento de diferentes infraestruturas – sejam de telecomunicações ou energia elétrica – deve ser efetivado, visto que essas redes, com o desenvolvimento da 5G, acabarão também unificando-se na digitalização. E, para Gabriel Fiuza, do Ministério da Economia, o compartilhamento dos postes, embora de difícil solução, precisa ter uma solução para que a própria 5G se desenvolva.

A Live Tele.Síntese foi realizada em novembro de 2020

PUBLICIDADE
Anterior Agência do Reino Unido defende regulação de inteligência artificial na internet
Próximos Para a GSMA, Anatel precisa adiar decisão sobre uso total da faixa de 6 GHz