Com vendas menores em feature phones, Microsoft registra prejuízo


A Microsoft registrou uma queda de 38% nas receitas da unidade de telefonia no quarto trimestre do ano fiscal de 2015, terminado em junho, na comparação com o mesmo período de 2014. A companhia faturou US$ 1,23 bilhão com celulares. Foram mais unidades Lumia vendidas (8,4 milhões, contra 5,8 milhões no quarto trimestre fiscal de 2014). Em compensação, houve uma forte queda nas vendas de feature phones (19,4 milhões de unidades, contra 30,3 milhões um ano atrás). O resultado também foi impactado negativamente pela valorização do dólar no mundo.

A receita total da empresa ficou em US$ 22,18 bilhões, 5% menor em relação ao ano passado. O lucro de US$ 4,6 bilhões do mesmo trimestre do ano anterior deu lugar a um prejuízo líquido de US$ 3,19 bilhões. O resultado negativo já inclui o ajuste contábil de valor da divisão de fabricação de celulares, comprada na Nokia ano passado por US$ 7,5 bilhões, e despesas com reestruturação da companhia e demissão de funcionários.

As vendas do Windows para fabricantes de PCs caíram 22% sobre o mesmo período de 2014. O licenciamento do Windows caiu 8%. A receita com o Surface, tablet 2 em 1 da empresa, cresceram 117%, atingindo US$ 888 milhões. A receita da divisão do Xbox aumentou 27%, enquanto a com anúncios online na plataforma Bing subiu 21%.

PUBLICIDADE

A empresa também mostrou crescimento na divisão de Servidores na ordem de 4%. Em produtos comerciais em nuvem, como Office 365 e Azure, houve crescimento de 88%. As despesas da empresa encolheram US$ 9%, para 8,33 bilhões.

Anterior Mediatek prevê vendas mais baixas no primeiro semestre
Próximos Apple supera projeções com aumento de 112% em receita na China