Com serviço Claro Sync, operadora conecta relógio Apple


A Apple inicia na sexta-feira, 15, as vendas no Brasil da versão celular do Apple Watch Series 3. Por enquanto, apenas clientes da Claro poderão se beneficiar da compatibilidade. É que a operadora desenvolveu o serviço Claro Sync, que permite que o mesmo número e o mesmo plano do smartphone seja utilizado em outros dispositivos conectados.

A plataforma, de acordo com executivos da operadora, é um desenvolvimento conjunto de equipes de P&D e de engenharia do grupo, tendo parte sido realizada em outros países e parte no Brasil. Por enquanto, o dispositivo que pode ser conectado é o relógio de tecnologia Apple. Mas logo mais estará disponível também para relógios de fabricantes que usam o sistema operacional Android.

A equipe de desenvolvimento da Claro Brasil, envolvida com o projeto, está estudando outros nichos de mercado. Um dos que se revelam promissores é o segmento pet, pois os brasileiros têm uma enorme quantidade de animais de estimação em suas casas. Para os donos, monitorar os movimentos de seus animais de estimação é uma questão de segurança, imaginam os que avaliam esse mercado.

PUBLICIDADE

A tecnologia e-SIM não exige que um SIM card físico (chip) seja instalado no dispositivo. As configurações da operadora e o número são enviados por meio da própria rede, direto para o equipamento – no caso, o relógio da Apple. É importante destacar que os relógios Apple comprados no exterior não vão funcionar na rede brasileira, pois operam em outra frequência, alertam os especialistas.

Anterior Presidente do Itaú Unibanco quer mesmas regras para bancos e fintechs
Próximos Ultra definição e streaming ilimitado: as novidades da Claro para a Copa