Claro inicia integração com a rede Oi Móvel em São Paulo


Crédito: Freepik
Crédito: Freepik

A Claro iniciou hoje, 6, o processo de integração de redes com a Oi Móvel no interior de São Paulo. A partir desta sexta-feira, os clientes da Oi Móvel nos DDDs 13, 14, 15, 17 e 18 (interior e litoral), do estado paulista começam a receber SMS explicando a existência de roaming.

As mensagens enviadas são:

PUBLICIDADE

CLIENTES PRÉ-PAGO
CLARO: Estamos integrando as redes Claro e Oi Móvel para ampliar sua cobertura e qualidade. Vc pode ver CLARO no celular mas seu canal de recarga não muda.

CLIENTES CONTROLE E CONTA
CLARO: Estamos integrando as redes Claro e Oi Móvel para ampliar sua cobertura e qualidade de sinal. Pode aparecer CLARO no celular mas nada muda no seu plano.

Com isso, os cerca de 1,3 milhão de clientes das regiões já contarão com os benefícios da rede da Claro, em adição à da Oi Móvel, ampliando a cobertura e a qualidade de sinal. Eventualmente, inclusive, clientes poderão ver a sinalização da rede da Claro no celular.

Além da rede ampliada, nessa primeira etapa de integração não haverá outras mudanças para quem utiliza os serviços da Oi Móvel. Planos e canais de atendimento e recarga seguem os mesmos, da Oi.

A Oi foi contratada para continuar prestando os serviços de atendimento normalmente enquanto a incorporação e a integração das redes e sistemas é implementada na Claro. Este processo que pode levar até 12 meses dependendo do tipo de plano e da região. Os clientes serão comunicados a cada etapa da transformação.

A Claro comprou uma fatia da Oi Móvel ao lado de TIM e Vivo. O trio pagou R$ 17,15 bilhões pelo ativo. Enquanto TIM e Vivo receberam clientes, equipamentos e espectro, a Claro comprou apenas clientes e equipamentos.

Ao todo, a Claro vai receber 13,5 milhões de assinantes da Oi e 4,7 mil sites (antenas) em todo o Brasil. Pagou R$ 3,92 bilhões.

Os clientes da Oi Móvel que deverão ser incorporados à base da Claro em não mais que um ano são, além dos DDDs do interior e litoral paulistas, aqueles dos DDDs:

  • 27, 28 – Espírito Santo;
  • 31, 33, 34, 35, 37, 38 – Minas Gerais;
  • 43, 44, 45, 46 – Paraná;
  • 47, 48, 49 – Santa Catarina;
  • 71, 74, 77 – Bahia;
  • 79 – Sergipe;
  • 87 – Pernambuco;
  • 91 – Pará;
  • 92 – Amazonas.
PUBLICIDADE
Anterior Movistar realiza cirurgia assistida de câncer de mama com 5G
Próximos Mercado Livre chega a US$ 2,2 bilhões de receita no primeiro trimestre