Claro informa ao novo ministro que segue investindo no Brasil


Em audiência com o vice-presidente de Relações Institucionais da Claro, Fábio Andrade, o ministro Fábio Faria disse que, depois do isolamento motivado pela pandemia, pretende conhecer experiências de sucesso da 5G em diferentes países.

O ministro das Comunicações, Fábio Faria recebeu em audiência ontem, 24 de junho, o vice-presidente de Relações Institucionais da Claro, Fábio Andrade, que apresentou ao novo ministro o compromisso da operadora em manter os investimentos no país e a sua rede estável. Na audiência, Andrade apresentou os dados sobre os serviços e operações da empresa em cada um dos segmento em que atua – banda larga fixa e móvel, satélite, TV paga, celular, e serviços corporativos em grande escala, pela Embratel.

“O ministro quis saber do nosso desempenho durante a pandemia, se houve aumento de receita, novos produtos e serviços, aumento de inadimplência, e como estamos lidando com a alta demanda de conexão. Mostrou-se atento ao setor e preocupado com o uso intensivo das redes” relatou Fábio Andrade. Andrade  lembrou, na reunião, que a Claro gera no Brasil 50 mil empregos diretos e mais de 100 mil indiretos.

PUBLICIDADE

5G de perto

Faria disse ao executivo que, encerrado o período de isolamento social provocado pela pandemia do covid-19, pretende conhecer mais profundamente os resultados da tecnologia 5G e viajar para diferentes países para verificar in locu as experiências de sucesso.

Anterior Entidades mundo afora manifestam críticas ao PL das Fakes News brasileiro
Próximos STF indefere liminar no caso das CNHs