Claro amplia projeto de energia renovável


A Claro inaugurou, na cidade de Timon, no Maranhão, sua 35ª usina própria de geração de energia. O início da atividade da unidade é parte de programa de adoção de fontes renováveis. Esse programa tem o objetivo de produzir 80% dos 600.000 MWh/ano que a empresa consome.

PUBLICIDADE

A usina de Timon é a maior planta solar de geração distribuída do Maranhão. Tem capacidade de 5,1 MW, suficiente para abastecer 4,5 mil casas. O Complexo Solar ocupa uma área de aproximadamente 17,6 hectares, com 15.692 módulos fotovoltaicos de 325 Wp cada um. A geração estimada é de 10.500 MWh/ano.

O programa de uso de fontes renováveis da Claro tem usinas operações em 12 estados (BA, DF, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PE, PI, PR e SP) e instalações em fase final de implantação em outros quatro, além de projetos em construção nas demais unidades federativas. (Com assessoria de imprensa)

PUBLICIDADE
Anterior Setor de TI descarta demissões em função da Covid-19
Próximos Oi usa aplicativo para acompanhar a saúde dos funcionários