Claro adiciona 1,7 milhão de clientes no terceiro trimestre


A América Movil divulgou seus resultados financeiros para o terceiro trimestre de 2007, quando obteve 11,1 bilhões de pesos mexicanos de lucro líquido, e 42,1 bilhões de pesos mexicanos no acumulado do ano, valor 26,4% maior do que o registrado no mesmo intervalo do ano anterior. O EBTIDA (lucro antes de juros, impostos, depreciação e …

A América Movil divulgou seus resultados financeiros para o terceiro trimestre de 2007, quando obteve 11,1 bilhões de pesos mexicanos de lucro líquido, e 42,1 bilhões de pesos mexicanos no acumulado do ano, valor 26,4% maior do que o registrado no mesmo intervalo do ano anterior. O EBTIDA (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ficou em 31,9 bilhões de pesos, com margem de 41%. No trimestre a receita atingiu 77,8 bilhões de pesos, avanço de 29,8% em comparação ano-a-ano.

PUBLICIDADE

A Claro, operadora brasileira do grupo, gerou receitas de R$ 2,5 bilhões durante o terceiro trimestre, aumento de 18,9% em relação ao mesmo período do ano passado. No acumulado do ano, as receitas da operadora somaram R$ 7,1 bilhões, o que representa avanço de 18% em relação a igual intervalo de 2006. O EBTIDA ficou em R$ 635 milhões no terceiro trimestre, com margem de 25%, valor 12,7 pontos percentuais acima da margem obtida no mesmo trimestre do ano passado. De janeiro a setembro a Claro gerou R$ 1,8 bilhão de EBTIDA, valor 138% maior que o obtido no mesmo intervalo do ano anterior.

A operadora registrou recorde de adições líquidas no trimestre, com o acréscimo de 1,7 milhão de assinantes, totalizando 4,1 milhões de adições líquidas de janeiro a setembro de 2007, número 16,7% mais alto do que o obtido em igual intervalo de 2006. A Claro encerrou o mês de setembro com quase 28 milhões de clientes, 6,6% mais que o trimestre anterior, e 26% maior que o mesmo mês do ano passado, com a base de pós-pago crescendo quase duas vezes mais rápido do que a base de pré-pago. (Da Redação)

Anterior Criando sucesso com MMS
Próximos Finep oferece R$ 80 milhões para projetos de telecom