CI&T estende trabalho remoto de funcionários até o final deste ano


A CI&T, empresa especializada em transformação digital, decidiu hoje, 12, estender de forma opcional o período de trabalho remoto dos seus mais de 2,3 mil colaboradores no Brasil até o fim deste ano. Com essa decisão, a companhia flexibiliza o retorno de seus funcionários aos escritórios da companhia a partir do momento da reabertura das operações.

A organização, que possui sede em Campinas (SP) e escritórios nas cidades de São Paulo (SP) e Belo Horizonte (MG), avalia que ainda é cedo para reabrir totalmente seus escritórios e retomar o trabalho presencial e planeja realizar uma série de adaptações em suas instalações antes desse movimento em maior escala.

A escolha de trabalhar remotamente até o fim do ano ficará a cargo dos funcionários. A CI&T, porém, reafirma que, a partir da reabertura de seus escritórios, o retorno deverá ser gradativo. Inicialmente, apenas 30% dos espaços nos seus prédios serão ocupados.

PUBLICIDADE
Segundo Carla Borges, Head of People da CI&T, uma série de mudanças também deve ocorrer para a retomada do trabalho em 2021. “Sabemos que muito do que estamos vivendo veio para ficar, por isso é importante estruturarmos corporativamente essas mudanças”, afirma.

Reabertura

A companhia irá promover, nos meses de junho e julho, modificações e melhorias nos seus prédios. Dentre as medidas previstas estão limitação de uso dos espaços compartilhados, reforço na higienização e na limpeza, implantação de corredores com sentido único e espaçamento mínimo de 2,5 metros entre as mesas de trabalho.
A empresa diz também que garantirá um time dedicado para acompanhar e garantir os novos procedimentos de segurança. Além disso, irá monitorar constantemente as situações internas e externas dos espaços físicos. (Com assessoria de imprensa)
Anterior Teles pedem suspensão de decisão do Gired sobre verba do leilão de 700 MHz
Próximos Telefónica fecha acordo com Google Cloud