CI&T estende trabalho remoto de funcionários até o final deste ano


A CI&T, empresa especializada em transformação digital, decidiu hoje, 12, estender de forma opcional o período de trabalho remoto dos seus mais de 2,3 mil colaboradores no Brasil até o fim deste ano. Com essa decisão, a companhia flexibiliza o retorno de seus funcionários aos escritórios da companhia a partir do momento da reabertura das operações.

A organização, que possui sede em Campinas (SP) e escritórios nas cidades de São Paulo (SP) e Belo Horizonte (MG), avalia que ainda é cedo para reabrir totalmente seus escritórios e retomar o trabalho presencial e planeja realizar uma série de adaptações em suas instalações antes desse movimento em maior escala.

A escolha de trabalhar remotamente até o fim do ano ficará a cargo dos funcionários. A CI&T, porém, reafirma que, a partir da reabertura de seus escritórios, o retorno deverá ser gradativo. Inicialmente, apenas 30% dos espaços nos seus prédios serão ocupados.

Segundo Carla Borges, Head of People da CI&T, uma série de mudanças também deve ocorrer para a retomada do trabalho em 2021. “Sabemos que muito do que estamos vivendo veio para ficar, por isso é importante estruturarmos corporativamente essas mudanças”, afirma.

Reabertura

A companhia irá promover, nos meses de junho e julho, modificações e melhorias nos seus prédios. Dentre as medidas previstas estão limitação de uso dos espaços compartilhados, reforço na higienização e na limpeza, implantação de corredores com sentido único e espaçamento mínimo de 2,5 metros entre as mesas de trabalho.
A empresa diz também que garantirá um time dedicado para acompanhar e garantir os novos procedimentos de segurança. Além disso, irá monitorar constantemente as situações internas e externas dos espaços físicos. (Com assessoria de imprensa)
PUBLICIDADE
Anterior Teles pedem suspensão de decisão do Gired sobre verba do leilão de 700 MHz
Próximos Telefónica fecha acordo com Google Cloud