CFO da Oi renuncia ao cargo


Designed by Alekksall / Freepik

O diretor de finanças e relações com investidores da Oi, Ricardo Malavazi, apresentou nesta segunda-feira, 02, sua renúncia ao cargo. Os motivos da saída não foram revelados pela companhia. O posto passa a ser ocupado interinamenteo por Carlos Augusto Machado Pereira de Almeida Brandão, que era diretor “sem designação específica” da tele.

Segundo rumores que circularam pelo mercado na semana passada, a diretoria da Oi teria se desentendido com um dos principais acionistas da companhia, Nelson Tanure, do Société Mondiale.

PUBLICIDADE

O jornal Valor Econômico relatou que na última reunião do conselho de administração da companhia, em 28 de setembro, Tanure teria apresentado uma proposta própria de recuperação judicial. A diretoria estatutária da empresa teria rechaçado a proposta e se recusado a assiná-la.

A companhia afirma que seu posicionamento oficial é apenas o comunicado ao mercado emitido nesta segunda-feira.

A Oi passa por uma recuperação judicial, iniciada junho de 2016. Desde então, diretoria, acionistas e credores disputam qual plano de recuperação será o melhor para a concessionária.

Até o momento, a proposta que está na mesa foi apresentada em março deste ano, e prevê a venda de ativos, extensão do prazo de pagamento a credores e conversão de dívidas em 38% do capital da companhia. A Oi tem as datas de 23 de outubro e 27 de novembro para realizar assembleia com credores e obter aval a um plano de recuperação que agrade a todos.

Nas últimas semanas a diretoria vinha costurando um alteração plano, para garantir a entrada de dinheiro novo, capitalizando os negócios para manter a capacidade de investimentos. Este novo plano teria também uma diluição maior dos atuais sócios.

Anterior Brasil demonstra na UIT que 5G não interfere na faixa de 27 GHz do satélite
Próximos Bondholders reiteram plano de recuperação para a Oi