CEO da Telefónica não descarta consolidação no Brasil


Na conferência com investidores, analistas e jornalistas sobre os resultados de 2014, realizada na manhã desta quarta-feira (25), o CEO do grupo Telefónica, César Alierta, comentou o processo de consolidação no Brasil. Segundo ele, quando o assunto é fusão, o foco da empresa recai sobre a operação com a GVT, que aguarda aprovação do Cade para ser levada a cabo.

“Nosso foco continua sendo a obtenção da aprovação regulatória para a transição com a GVT, ainda na primeira metade do ano”, comentou.

Questionado sobre qual participação a Telefónica teria em um processo de consolidação envolvendo as concorrentes Oi e TIM, Alierta diz que enxerga a possibilidade de participação do grupo, mas reiterou não ser uma prioridade.

PUBLICIDADE

“Acreditamos profundamente em uma consolidação do mercado, a qual vamos apoiar e que geraria muitas sinergias. No momento, porém, estamos bastante focados na GVT, embora mantenhamos abertas as possibilidades que nos envolvam, no que se refere à consolidação no Brasil”.

José Maria Álvarez-Pallete, COO do grupo, afirmou durante a conferência que a meta no Brasil será ampliar o consumo de dados móveis e implementação da ultra banda larga por FTTH. “O foco para os próximos dois anos vai recair sobre o crescimento do consumo em dados móveis, aumentando o número de usuários premium, estendendo a cobertura LTE para mais de 60% da área de atuação. Vamos continuar a implementar fibra, com a perspectiva de passar os 5,5 milhões de acessos em FTTH em 2016”, destacou.

Anterior Cristovam Buarque presidirá comissão de C&T do Senado Federal
Próximos Apple condenada a pagar por patente do iTunes nos EUA