Notícias da categroia

Encontro TeleSíntese

Os eventos do TeleSíntese reúnem os executivos do primeiro e segundo escalão das operadoras e fornecedores de equipamentos de redes de telecomunicações

Designed by Freepik

O Ministério do Planejamento terá que se manifestar se a Telebras deve continuar a ser a única empresa escolhida para operar a rede privativa do governo, afirmou André Borges

Bia Barbosa | Encontros Tele.Síntese 51 - 21/11/17 – Brasília-DF | Foto: Gabriel Jabur

Entidades da sociedade civil contrárias ao PLC 79 podem ir à Justiça questionar sua legalidade se vier a ser aprovado, admite Intervozes.

Abraão Balbino e Silva | Encontros Tele.Síntese 51 - 21/11/17 – Brasília-DF | Foto: Gabriel Jabur

Fórmula vai levar em conta capacidade do espectro, cobertura de população, tempo de validade da outorga e tipo do serviço.

Amadeu Castro, André Borges, Miriam Aquino, Leandro Guerra e Cristiane Sanches| Encontros Tele.Síntese 51 - 21/11/17 – Brasília-DF | Foto: Gabriel Jabur

Operadora defende que o investimento, mesmo de TAC em andamento, seja aplicado em política pública de banda larga focada na infraestrutura de backhaul onde está a maior fragilidade

Adriana da Cunha Costa | Encontros Tele.Síntese 51 - 21/11/17 – Brasília-DF | Foto: Gabriel Jabur

Para a diretora Adriana da Costa Cunha, de Assuntos Regulatórios, a concessionária ainda não enxergou onde está o saldo para investir, pois os ônus são muitos

José Gonçalves Neto | Encontros Tele.Síntese 51 - 21/11/17 – Brasília-DF | Foto: Gabriel Jabur

Para a operadora, o preço da migração da concessão para autorização deverá ser auditado pelo TCU e por consultorias contratadas pelas empresas

A Claro calcula que serão necessários entre R$ 100 bilhões a R$ 200 bilhões de investimentos em 10 anos para a banda larga alcançar 90% da população.

Leonardo Euler de Morais | Encontros Tele.Síntese 51 - 21/11/17 – Brasília-DF | Foto: Gabriel Jabur

Encontrar o preço justo do ônus e bônus das concessionárias que decidirem migrar para o regime de autorização é uma tarefa possível, mas bastante complexa. O conselheiro Leonardo Morais apresentou uma fórmula de cálculo que permite chegar ao ponto neutro.

Presidente da Anatel reage a entidade que questionam critérios de definição do TAC da Telefônica

O presidente da Anatel informou que já apresentou a ministros do TCU a ideia de contratar consultorias para precificar a concessão